01/04/2016 às 07h43min - Atualizada em 01/04/2016 às 07h43min

Garota agredida com marreta aguarda cirurgia em corredor de hospital em Cuiabá

Ronaldo Couto
WhatsApp

A jovem Fernanda Rafaela Gonçalves Pereira, 27 anos, que foi agredida com três marretadas na cabeça por um homem identificado como Lucivan em Barra do Garças, encontra-se no corredor de um hospital em Cuiabá aguardando uma cirurgia.

Ela foi encaminhada na quarta-feira para capital do estado com fraturas no crânio em função das duas pancadas que recebeu perto da nuca e uma na testa. Mesmo com a gravidade dos ferimentos, a jovem está consciente e disse à polícia que foi atacada por Lucivan que chegou na casa dela de madrugada pedindo água e a vítima abriu a porta.

No momento em que estava pegando a água na cozinha, Fernanda conta que Lucivan disse que havia alguma coisa caída no chão e quando ela baixou para ver o que era foi agredida com as marretadas.

Fernanda disse aos policiais que Lucivan teria levado o celular dela. Um advogado entrou contato ontem com a imprensa dizendo que acusado iria se apresentar em breve na delegacia fato que não aconteceu até quinta-feira.

Fernanda está sendo acompanha pelo irmão Rafael em Cuiabá. Ele informou que hospital está lotado e o único atendimento que conseguiu para irmã foi no corredor e a promessa de que ela será operada neste sábado ou segunda-feira. “Os médicos disseram que ela está bem inclusive consciente falando, mas toda cirurgia tem risco e claro nós estamos preocupados e pedimos que essa cirurgia fosse antecipada”, frisou.

Rafael disse que não tem dúvida de que Lucivan tinha intenção de matar a Fernanda e pede que o caso seja devidamente apurado pela polícia. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.1%
4.6%
16.9%
77.3%