Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
28/03/2016 às 17h50min - Atualizada em 28/03/2016 às 17h50min

6 vereadores de Barra aproveitam 'janela' e trocam de sigla

RDNews

Seis dos 15 vereadores por Barra do Garças aproveitaram a janela aberta pela reforma eleitoral e trocaram de partidos. O número equivale a 40% dos parlamentares com assento no Poder Legislativo. O PSD, que tinha a maior bancada, com quatro vereadores, foi o mais fragilizado, ficando sem representatividade na Câmara.

Enquanto o PSD, que elegeu o prefeito Beto Farias (PMDB) nas últimas eleições, saiu enfraquecido, o PSB ganhou musculatura e se transformou na maior bancada da Câmara de Barra do Garças. Perdeu um vereador, mas, em compensação, ganhou outros três. Outra agremiação que saiu ganhando com a janela foi PDT, que volta a ter um vereador depois de oito anos.

Os vereadores Miguel Moreira, Geralmino Neto e Ailton Biroska, foram eleitos pelo PSD e migraram para o PSB. Valdemir Barbosa, eleito pelo PSD, se filiou ao PMDB. Já Weliton Andrade, deixou o PMDB e ingressou no PDT.

Embora já tenha se desfiliado do PSB, o vereador, João Rodrigues de Souza, o Doutor Joãozinho, é o único que ainda não se filiou a uma nova sigla e aguarda até a data limite, que é o dia 2 de abril, para anunciar o seu destino. Ele, porém, está em negociações com o PDT e o PSC.

Com exceção dos vereadores Miguelão Moreira, o Miguelão (no quarto mandato) e Ailton Biroska (no segundo), os vereadores Valdemir Barbosa, o Comandante Barbosa, e Geralmino Neto, o Doutor Neto, eleitos pelo PSD; Weliton Mandioquinha, eleito pelo PMDB e João Rodrigues, pelo PSB, estão no exercício do primeiro mandato.

No processo de troca de partidos, o que mais chamou à atenção, foi a forma como os vereadores Miguelão, Comandante Barbosa, Doutor Neto e Biroska saíram do PSD. Eles foram "convidados" a deixarem a sigla pela nova direção estadual, comandada pelo vice-governador Carlos Fávaro, porque pertencem a bancada de sustentação do prefeito Beto Farias, adversário do novo grupo.

Sustentação

A movimentação partidária feita pelos seis vereadores não alteram a base de sustentação do prefeito Beto Farias. Os vereadores que trocam de siglas já pertenciam ao grupo de prefeito, mesmo em partidos de oposição, e devem continuar apoiando o peemedebista. Dos atuais 15 vereadores, apenas os vereadores Júlio César (PSDB) e José Maria (PTB), fazem oposição ferrenha ao prefeito.

O vereador Odorico Ferreira Cardoso (PT), que já foi líder de Beto, se mantém na base, porém, tem atuado de forma independente, defendendo saída do PT do grupo do prefeito, posição contrária a do vice-prefeito Mauro Piauí, que pretende se candidatar mais uma vez como companheiro de chapa do peemedebista.

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real  CLIQUE AQUI
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90