20/02/2016 às 14h36min - Atualizada em 20/02/2016 às 14h36min

Canil é interditado após denúncias de maus-tratos

Driely Pinotti
Clique F5

Um canil irregular foi fechado e interditado nesta semana, em Primavera do Leste, após denúncias de maus-tratos. O local, próximo a CIB, na MT-130, criava cães da raça Foxhound Americano e outros, que depois eram comercializados e utilizados para caça. Mais de dez animais foram encaminhados para clínicas veterinárias. De acordo com a Associação SOS Animais, os cães estavam doentes, magros, alguns inclusive com fratura exposta. Os animais brigavam entre si, pois não havia comida e nem água.

Há mais de dois meses, a SOS Animais recebia denúncias sobre o local. Nesta semana, a entidade começou a investigar, procurou a Polícia Judiciária Civil e registrou um Boletim de Ocorrência.

Na terça-feira (16), dois policias civis, voluntárias da Associação e Vigilância Sanitária estiveram no canil e recolheram os animais.

O laudo da Vigilância Sanitária relata que o local era insalubre, sem condições de higiene, de difícil acesso e abandono. Os cães foram encontrados ao meio a lama, fezes e moscas, devido aos ferimentos.

O proprietário foi identificado, mas explicou a SOS Animais, de acordo com a Associação, que os animais eram cuidados por um homem, e exigiu que fossem devolvidos pelo menos dois cães. A entidade representou contra e ele responderá criminalmente por maus-tratos.

Após o resgaste destes animais, a Associação fez uma publicação na página do Facebook, onde informa os seguidores que a mesma tem recebido ameaças.

“[...] estamos aqui hoje para informar sobre o último caso de resgate que fizemos. Foram mais de 10 animais em um mesmo local, animais de raça, em um canil clandestino, que acreditamos serem usados para caça e para venda.

 Todos passaram por consulta e exames nas clínicas veterinárias parceiras e estão com laudos de anemia, sangramento, fratura exposta, TVT (doença sexualmente transmissível), desnutrição, sarna, dentre outros problemas graves de maus-tratos. Queremos informar que estamos em uma luta onde o dono ainda acha correto o que acontecia no local e quer os animais de volta, a SOS está recebendo muitas ameaças, caso estes cães resgatados não sejam devolvidos. Lembrando que fomos realizar este resgate com ajuda da Polícia e Vigilância Sanitária, onde o local foi interditado, uma das fiscais chorou quando se deparou com a situação, tudo foi realizado com respaldo da Lei.

A situação era de descaso com animais muito magros/desnutridos. Toda hora aparece um suposto dono, alguns falando ser dono do mesmo animal, querem os cachorros que ainda estão bons, que ainda podem ser “usados”, os bem doentes, nem querem. Querem que a SOS desista da ação, mas estamos firmes e fortes e vamos até o fim! Vamos lutar pela vida de cada um que foi resgatado, não somente os que pagaram caro! Fica aqui nossa indignação com algumas pessoas que se dizem seres humanos.[...]”.

LAUDO DA VIGILÂNCIA SANITÁRIA NA ÍNTEGRA

Notificação/Interdição: Fomos solicitados a comparecer em um local, próximo a CIB, em Primavera do Leste. Nos aguardavam a SOS Animais e policiais civis, para vistoriar um canil clandestino. Encontramos o local totalmente insalubre, sem as mínimas condições de higiene, com difícil acesso e total abandono. Os cachorros estravam-se magros e em meio ao lamaçal, fezes e moscas.

Totalmente em desacordo com o Código Sanitário Lei nº 697/2001.

HISTÓRIA DA RAÇA

A história do Foxhound Americano começa, por volta, de 1650 quando o Robert Booke foi para Crown Colony levando consigo todos os Hounds, que foram os responsáveis pelas origens das primeiras linhagens da raça.

Depois de um tempo, foram importados para a Inglaterra e o estado da Virgínia. Pelas importações, foi tendo origens outras linhagens de Foxhound americano e se espalhando.

Esta raça de cães é mais comum nos Estados Unidos. A alimentação é feita à base de carne crua de cavalo trinchada e misturada com purê de farinha e aveia.

Logo, ele se alimenta de uma forma bem diferenciada dos outros cães.

O tipo físico do Foxhound Americano consiste em um cão alto, que tem a cabeça e as orelhas bem separadas. Os ombros são largos, inclinados e muito musculosos. O pelo é curto e pode ter várias cores diferentes.

Como são cães caçadores, eles conseguem rastrear em campos abertos e tem boas habilidades em trilhas abertas. Além disso, conseguem conviver com outros cães e caçar em matilhas grandes, muitas vezes, formadas por 15 ou 20 cachorros.

Em sites de vendas da raça, os cães Foxhound podem ser encontrados por até R$3 mil. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%