12/02/2016 às 15h26min - Atualizada em 12/02/2016 às 15h26min

Soldado flagrado com drogas é expulso pela segunda vez da PM

Midia News
Marcus Mesquita/MidiaNews

Um soldado que havia sido reintegrado à Polícia Militar, em novembro de 2015, foi novamente expulso da corporação.

A portaria que determina a demissão foi publicada no Diário Oficial do Estado que circulou na quinta-feira (10).

O documento é assinado pelo comandante-geral da PM, coronel Gley Alves.

O agora ex-soldado já havia sido excluído pela primeira vez da corporação em fevereiro de 2015, após responder processo administrativo por ter sido flagrado, pela Rotam, com sete trouxinhas de substância análoga a entorpecente, no dia 3 de julho de 2013, no bairro Figueirinha, em Várzea Grande.

Ele havia recorrido à Justiça e conseguiu decisão favorável ao pedido de antecipação de tutela para a suspensão da determinação administrativa.

Porém, o Governo conseguiu reverter a decisão em janeiro de 2016, culminando novamente na expulsão do PM.

O policial alegara, em sua defesa, na época, que os fatos que foram praticados por ele decorriam de sua dependência química e que, por isso, deveria ser encaminhado a tratamento psiquiátrico e terapêutico, e não ser demitido da corporação.

O ex-soldado terá que devolver a carteira funcional, fardamento e, se tiver, arma de fogo de uso restrito.

Ele também terá que se apresentar na diretoria de Gestão de Pessoas, dentro de cinco dias.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.9%
23.7%
1.3%