09/02/2016 às 14h53min - Atualizada em 09/02/2016 às 14h53min

Assaltantes trocam tiros com a PM e um deles é morto

Clique F5

De acordo com informações do Major da PM Gabriel, dois bandidos realizaram três roubos seguidos a pessoas nas Avenidas Cuiabá, Primavera e Guiratinga, em Primavera do Leste, no horário entre 22h30 a 00h00, desta terça-feira.

Por volta de 01h00, uma viatura da primeira guarnição de serviço ordinário da Policia Militar deparou com os suspeitos que tinham as mesmas características relatadas pelas vítimas, na Avenida Cuiabá, no Bairro Primavera II.

Segundo Boletim de Ocorrência da Polícia Militar, os policiais fizeram sinal para que os bandidos que estavam em uma motocicleta Honda Fan vermelha, placa QBM 3357 de Primavera do Leste, parassem, mas eles não acataram e tentaram fugir. Foi feita perseguição pelas ruas e ao chegarem à Avenida Primavera, os suspeitos se desequilibraram da motocicleta caindo ao solo, mas continuaram a fuga e efetuaram disparo contra os policiais. A PM com apoio da Força Tática fizeram o cerco, e na Rua Maceió, um dos assaltantes entrou em um terreno baldio.

Quando os policiais entraram no local, ele se levantou do mato e passou a trocar tiros com a PM e foi alvejado por vários tiros. O suspeito que ainda não teve sua identificação revelada, foi socorrido ainda com vida, mas morreu ao dar entrada no Pronto Atendimento Municipal (PAM).

O outro suspeito identificado por Jeferson Amaral da Silva, 30, foi preso em flagrante na Rua Pressia, após tentar fugir novamente pulando o muro de outro terreno baldio. O assaltante estava ferido na perna por causa do disparo da arma de fogo e com lesão na face devido a queda da motocicleta.

Os produtos dos roubos foram recuperados e a arma que eles usavam, um revólver Taurus calibre 38 preto, foi apreendida.

"É o resultado da "Operação Carnaval, onde todo nosso efetivo está na rua trabalhando para diminuir a criminalidade em Primavera", pontuou o Major Gabirel.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.0%
23.7%
1.3%