22/03/2012 às 19h27min - Atualizada em 22/03/2012 às 19h27min

Candidato anda com quitação para espantar adversários

Olhar Direto
Reprodução

O pré-candidato a prefeito de Aragarças-GO,divisa com Barra do Garças, Aurélio Mendes (PSDB), adotou uma forma diferente de combater comentários de que não será candidato a prefeito. Ele está andando com uma quitação eleitoral no bolso. Aurélio afirma que é o primeiro candidato do Araguaia a ter esse documento em mãos.

O tucano explica que procurou a Justiça Eleitoral no início do ano pedindo essa quitação para rebater os comentários de que ele está inelegível por causa da Lei da Ficha Limpa.

“Não existe isso. É mais uma tentativa de me prejudicar”, explica Mendes, que já foi vereador e na eleição passada perdeu por 760 votos a prefeitura para o petista Marcos Antônio, o Marcão. O peessedebista teve 4.650 votos contra 5.410.

Mendes argumenta que o problema na eleição de 2008 foi com relação à abertura da conta bancária do partido, porque não havia banco funcionando naquela época na cidade.

Segundo ele, o mesmo problema que teve o candidato petista. Todavia, isso não o torna inelegível, alega o tucano, que mostra o documento emitido pelo cartório de que está em dias com a Justiça Eleitoral.

O peessedebista deve novamente enfrentar o PT na disputa pela prefeitura de 19 mil habitantes. O secretário de Administração, Vladimir Marcelo, é o candidato do prefeito Marcão.

O polêmico padre Alberto Ferreira (PCB) também é candidato a prefeito. Outros nomes são cogitados nos bastidores: Nego Leão (PR), Léo Leão (PMDB) e Isac Victor (PPS) mas ainda não confirmaram pré-candidaturas.
 


Notícias Relacionadas »
Comentários »