17/11/2016 às 08h04min - Atualizada em 17/11/2016 às 08h04min

Reitora se reúne com acadêmicos e recebe demandas no Araguaia

UFMT

A reitora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), professora Myrian Serra, acompanhada da pró-reitora de Ensino de Graduação, professora Lisiane Pereira de Jesus, esteve, na quinta-feira e sexta-feira (10 e 11), em visita ao Câmpus da Araguaia. A oportunidade foi marcada pela posse simbólica do pró-reitor da unidade, professor Paulo Jorge da Silva, e reuniões com toda a comunidade acadêmica local.

A agenda teve início na tarde de quinta-feira, com uma reunião entre a professora Myrian Serra, professora Lisiane de Jesus e a equipe administrativa do Câmpus do Araguaia. O encontro teve como objetivo, além de conhecer os novos administradores da unidade, dar autonomia para que cada integrante consiga resolver as demandas de sua área.

Conforme a pró-reitora Lisiane de Jesus, os encontros com a comunidade acadêmica – alunos, docentes e técnico-administrativos – foram proveitosos, além de diálogos com diretores de institutos, faculdades e coordenadores dos cursos. “Pudemos constatar de perto as necessidades e demandas do Câmpus, assim como buscar, de forma conjunta, caminhos para solucionar os enfrentamentos. Discutimos pautas gerais e específicas, e estamos comprometidos com a aproximação com os Câmpus do interior, pois somos todos UFMT”, disse Lisiane de Jesus.

Na sequência, a reitora se reuniu com o diretor pro tempore do Instituto de Ciências Exatas e da Terra (ICET), Carlos Eduardo Lopes Silveira, do Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde (ICBS), professor Carlos Alexandre Habitante, e do Instituto de Ciências Humanas e Sociais (ICHS), professora Lennie Aryete Dias Pereira Bertoque, bem como com o novo pró-reitor do Câmpus do Araguaia. “Nesta oportunidade, colocamos todas as demandas que dizem respeito à unidade”, explicou o pró-reitor.

A agenda foi encerrada à noite, com uma aula magna proferida pela reitora e uma cerimônia simbólica e festiva para dar posse ao professor Paulo Jorge da Silva. Assim como os demais pró-reitores das unidades do interior, ele foi eleito pela comunidade acadêmica local, em processo democrático, um dos compromissos da atual gestão, aliado com autonomia.
No dia seguinte, a professora Myrian Serra participou de reuniões com servidores técnico-administrativos, servidores docentes e alunos. Paralelamente a essa agenda, a pró-reitora de Ensino de Graduação participou de reunião com todos os coordenadores de curso.
O pró-reitor do Araguaia considerou as reuniões produtivas. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »