22/07/2016 às 18h14min - Atualizada em 22/07/2016 às 18h14min

Documentário que mostra rituais de iniciação Xavante é lançado na UFMT

Olhar Conceito

Acontece nesta quinta-feira (21) no cinema da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), campus Barra do Garças, o lançamento do filme “Xavante: Memória, Cultura e Resistência”, aprovado no Prêmio Tradições MT da Secretaria de Estado de Cultura (SEC). Junto à exibição acontece também o Colóquio “Narrativas e Territórios: Dialogando com o Povo Xavante”.

De acordo com a assessoria, o filme mostra uma série de imagens inéditas sobre rituais de iniciação dos jovens xavantes à vida espiritual e social da aldeia. Os depoimentos são, em sua maioria, na língua originária do povo.

O documentário também fala sobre direitos territoriais e reivindicações sobre a cultura xavante para a comunidade não indígena. Ele é parte do projeto do Núcleo de Produção Digital, Formação Técnica e Difusão Audiovisual (NPD) do Campus Araguaia.

O filme foi aprovado para a 15ª Mostra Audiovisual Universitário – América Latina UFMT (MAUAL), e também será disponibilizado para a Programadora Brasil e para escolas públicas de Barra do Garças e General Carneiro.

“O produto previsto pelo edital, que era a produção do documentário, se multiplicou. Criamos um circuito de exibição e ele ainda será exibido em um festival. Acredito que isso dá ainda mais visibilidade à cultura xavante”, ressalta o diretor Gilson Costa.

Lideranças e estudiosos da área foram convidados para participar do Colóquio que também acontece nesta quinta, dentre eles Gaspar Waradzeré, liderança Xavante e coordenador da Escola Indígena Namunkurá; Maíra Taquiguthi Ribeiro, graduada em Biologia e indigenista na Fundação Nacional do Índio (Funai) atuando junto às comunidades Xavante na Coordenação Técnica Local de Nova Xavantina; Magno Silvestri, graduado em História e Geografia, professor na (UFMT/CUA), doutorando em Geografia, linha de pesquisa Ordenamento Territorial. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »